5 formas de otimizar a contratação de funcionários temporários

Por Equipe ESPP
em 20 de março de 2019
5 formas de otimizar a contratação de funcionários temporários

Todos os anos as indústrias, prestadores de serviço e comércio realizam a contratação de funcionários temporários. O objetivo é conseguir atender as demandas das sazonalidades, como Dia das Mães, Black Friday, Natal e outras; no entanto, são poucas as empresas que fazem esse processo de maneira eficiente.

O aumento temporário do quadro de colaboradores, desconhecendo as exigências das leis trabalhistas, bem como sem o planejamento necessário, pode fazer com que o seu negócio perca dinheiro e não alcance o nível desejado de produtividade.

Continue a leitura e conheça 5 formas de otimizar a contratação de funcionários temporários para a sua empresa.

1. Conheça o que diz a legislação

Por meio de uma mudança na Lei 13.429/2017, chamada de Lei da Terceirização, o governo federal tornou mais claro e fácil o processo de contratação de trabalhadores temporários.

De acordo com a legislação, só podem ser contratados trabalhadores temporários em duas condições: substituição de um colaborador ausente ou para atender a uma demanda complementar.

O contrato de trabalho deve explicitar o motivo da contratação temporária e, durante o expediente, esse colaborador não pode ser utilizado para atividades distintas daquelas previamente acordadas e que estão no documento contratual.

O colaborador que é contratado nessa forma de trabalho pode atuar em sua empresa por, no máximo, 180 dias consecutivos ou não. Caso se comprove a necessidade de estender esse período, ele poderá ser feito por 90 dias — consecutivos ou não.

2. Identifique uma necessidade transitória

A necessidade transitória se refere à demanda que não é considerada efetiva, ou seja, a contratação de profissionais que atuarão para a sua empresa pelo período pré-determinado citado no tópico anterior.

Para identificar uma necessidade transitória, você deve encontrar as demandas sazonais que causam aumento de produção para atender a um aumento no volume de pedidos.

Colaboradores que estão afastados por doenças, férias ou outros motivos também precisam ter as suas tarefas avaliadas para que seja identificada a necessidade de contratação temporária de um substituto.

Quando a necessidade de substituição é inquestionável, as situações descritas se encaixam no que a legislação dispõe sobre o assunto.

3. Faça um planejamento efetivo para a contratação de funcionários temporários

Depois de identificar as necessidades transitórias da sua empresa, é preciso ficar atento ao planejamento que envolve a contratação de colaboradores temporários. Os processos de recrutamento e seleção devem ser feitos com o máximo de antecedência para garantirem efetividade.

Essa antecipação é necessária porque a contratação não é feita de forma direta, ou seja, sua empresa não anuncia as vagas que necessita e contrata os profissionais que se disponibilizarem para ocupá-las. Sua companhia deve procurar outra empresa, especializada nesse tipo de serviço, e que é chamada de prestadora.

Cabe à prestadora a responsabilidade de contratar, remunerar e dirigir os trabalhadores temporários. Por isso, é fundamental que você busque e selecione uma empresa séria, especializada na contratação e gestão de temporários.

Outro ponto importante é que tudo deve estar pronto para a chegada dos trabalhadores temporários, pois o tempo de ociosidade deles dentro da sua empresa significa perdas financeiras.

Assim que chegar, o profissional temporário deve ter à sua disposição um posto de trabalho, os mesmos recursos que os demais membros da equipe e as orientações necessárias para que desenvolva suas atividades.

4. Busque candidatos alinhados e treine-os

O fato de os colaboradores serem temporários não significa que os processos de recrutamento e seleção abram espaço para falhas. É preciso buscar candidatos alinhados com o fit cultural da empresa.

É importante que esses trabalhadores compreendam a cultura da empresa e compartilhem os mesmos valores. Isso garante a integração dele com a equipe, além dos resultados esperados.

Depois de contratá-los, esses profissionais devem passar por um período de treinamento. Lembre-se de que eles estão entrando agora e que precisam apresentar um trabalho completo, sem erros e contribua com os objetivos da companhia.

Dependendo da função, vale a pena dedicar alguns dias para que esse alinhamento ocorra ao lado de outro profissional. Como resultado, tende a ser maior a chance de alcançar a produtividade desejada.

Esse período de alinhamento é chamado de onboarding e seu objetivo é o de integrar o novo colaborador à cultura organizacional. Por meio dele, sua empresa consegue diminuir o tempo que um novo colaborador leva para alcançar o seu pleno potencial.

Mesmo que a contratação seja temporária, o onboarding contribui com a diminuição do índice de rotatividade — afinal, o profissional contratado também pode não se identificar com o perfil da empresa e seu ritmo de trabalho, pedindo demissão ou sendo desligado do quadro de colaboradores.

5. Facilite o pagamento de salários e benefícios

A contratação de funcionários temporários pode envolver determinadas burocracias, como a abertura de uma conta em banco. O fato é que você e o trabalhador desejam ganhar tempo e esse tipo de situação pode se tornar mais fácil.

O pagamento de salários e o adiantamento de benefícios podem ser feitos por meio de um cartão pré-pago — solução ideal também para aqueles colaboradores negativados ou que não possuem relações com bancos.

O cartão pré-pago permite que o colaborador faça praticamente tudo o que uma conta corrente permite: pagamento de boletos, saques, compras em lojas físicas e on-line, transferência entre contas do mesmo CPF, recarga de crédito em celulares pré-pagos e outros.

No caso da antecipação de benefícios, o cartão pré-pago disponibiliza de imediato os valores correspondentes às despesas como alimentação e transporte. Isso evita aquele período no qual o trabalhador temporário se vê obrigado a esperar por um cartão correspondente a cada benefício. Além disso, sua empresa efetua a recarga sempre que for necessário.

Ao otimizar a contratação de funcionários temporários por meio das dicas que compartilhamos neste artigo, sua empresa vai garantir o nível de produtividade necessário para que os objetivos traçados sejam cumpridos. Essa é a garantia de decisões tomadas de modo consciente e sem desperdiçar dinheiro.

Viu como a contratação de funcionários temporários pode ser otimizada na sua empresa? Assine a nossa newsletter e receba por e-mail outras dicas e informações sobre o assunto!

Compartilhe:

Equipe ESPP

Somos a unidade de negócios de soluções pré-pagas do grupo Edenred, uma empresa global com mais de 660 mil empresa-clientes, com 41 milhões de usuários. Oferecemos soluções rápidas, customizadas e de baixo custo em processamento de cartões pré-pagos, com inovação tecnológica e foco em diferentes necessidades de empresas, lojistas e usuários.

Deixe sua resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Quer ficar sabendo de tudo antes?
Receba novos posts diretamente em seu email.
Copyright © 2017 EDENRED. All Rights Reserved. Política de privacidade