Novidades na lei trabalhista apoiam o uso de cartões pré-pagos

Por Equipe ESPP
em 12 de janeiro de 2018
Novidades na lei trabalhista apoiam o uso de cartões pré-pagos

Um dos itens da nova lei trabalhista, em vigor desde 11 de novembro deste ano, traz muitas vantagens para empresas que desejem adotar as facilidades oferecidas pelos cartões pré-pagos.

Isso porque, de acordo com o artigo 457 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), “comissões, gratificações, percentagens, prêmios, ajuda de custo como, diárias para viagem e abonos não precisam mais integrar os salários e, consequentemente, não incidirão sobre o cálculo dos encargos trabalhistas e previdenciários, como FGTS e INSS.”

Qual a vantagem disso para minha empresa?

Antes, se uma organização concedesse uma bonificação aos colaboradores, havia o risco de esse valor ser considerado parte do salário. Caso os trabalhadores decidissem acionar a empresa judicialmente, seria necessário pagar os encargos. Com a mudança na legislação, é possível oferecer gratificações sem se preocupar com questionamentos futuros.

A nova lei também possibilita que o empregador flexibilize o pagamento de incentivos, pois permite associar o resultado de um colaborador ou prestador de serviços à premiação.

Por falar nisso, representantes comerciais, terceirizados, trabalhadores autônomos e pessoas físicas e jurídicas constituem o grupo que pode ser gratificado.

Outro benefício é que a legislação agora limita o pagamento de prêmios (bens, serviços ou valor em dinheiro) em até duas vezes ao ano – o que favorece a saúde do setor financeiro da empresa.

5 razões para tornar os cartões pré-pagos aliados de sua empresa

Com a alteração da lei trabalhista em relação ao pagamento de ajuda de custo, as organizações podem fazer dos cartões pré-pagos grandes aliados na quitação de despesas corporativas, otimizando processos e economizando tempo.

Seu negócio cresceu tanto que já não é mais viável reembolsar cada colaborador após o término das viagens que eles realizam? Os cartões pré-pagos podem resolver esse problema, sem contar que é possível ter um melhor controle de gastos com deslocamentos, por exemplo.

Um acompanhamento mais rígido de todas as despesas é uma alternativa bastante interessante no combate ao mau uso dos recursos de uma organização. Mas as vantagens não param por aí! Confira:

  1. Maior controle no dia a dia

Algumas situações podem ser previstas, mas outras simplesmente acontecem de um momento para o outro, não é mesmo? Com os cartões pré-pagos, é possível monitorar todos os gastos – desde os pequenos, custeados pelo fundo fixo da empresa, até os mais expressivos. O acompanhamento desses dados em tempo real, por meio de um portal na internet, faz com que as transações e movimentações financeiras sejam mais inteligentes e estratégicas.

  1. Reembolso mais fácil

Para ter um valor reembolsado, o colaborador precisa apresentar as notas fiscais correspondentes, certo? É aí que a dor de cabeça começa para quem trabalha com o financeiro de uma empresa.

As justificativas para a não entrega do documento variam entre “ah, eu nem lembrei de pedir!” e “infelizmente, o papel ficou dentro de uma calça que foi para a lavanderia…”.

Utilizando a modalidade pré-paga, esse processo fica mais simples, pois os extratos do cartão já servem como um relatório de despesas. Apesar disso, lembre-se de que continua sendo importante recolher comprovantes de compra, por motivos fiscais!

  1. Menos reclamações

Ainda sobre o reembolso, em grandes corporações, esse procedimento nem sempre ocorre de forma rápida. Geralmente, ele é feito manualmente, ou seja: o funcionário precisa cobrir o gasto com seu próprio dinheiro e aguardar até que a gerência aprove o pagamento da despesa.

O problema é que a demora até o ressarcimento pode gerar um certo descontentamento no trabalhador, e isso frequentemente acaba em reclamações ao setor financeiro.

Outra situação é que a falta de nota fiscal possibilita que colaboradores mal intencionados declarem valores acima do que o que realmente foi gasto. No caso do uso de cartões pré-pagos, todas as despesas podem ser acompanhadas em tempo real, evitando fraudes.

  1. Mais segurança para sua empresa

Atualmente, esse é um dos assuntos mais relevantes para as organizações. Realizar saques em caixas eletrônicos ou, mesmo, transportar grandes quantias de dinheiro em malote não é muito seguro hoje em dia. Neste quesito, a modalidade pré-paga é infinitamente mais confiável. Inclusive, se o cartão for perdido ou roubado, é possível bloqueá-lo imediatamente.

  1. Uso como premiação

É fato que, quanto mais motivados os funcionários estiverem, maior será o sucesso da empresa. Uma ótima maneira de reconhecer o empenho de bons profissionais é fazendo uso de cartões pré-pagos! A organização pode utilizá-los como premiação de diversas formas (e, até mesmo, para o público externo):

  • para os colaboradores: em campanhas de endomarketing, por exemplo;
  • para representantes comerciais e prestadores de serviços;
  • para pessoas físicas: em promoções, sorteios e concursos culturais, com o objetivo de fidelizar o cliente.

Pagamento com cartões X Pagamento em dinheiro

Hoje em dia, não é difícil encontrar pessoas que carreguem apenas cartões em suas carteiras, ao invés de dinheiro. A segurança e a praticidade são alguns dos fatores levados em consideração nesses casos, mesmo por aquelas que vivem em cidades menores. Afinal de contas, as “maquininhas” já estão em quase todo o comércio (mesmo em food trucks e até com vendedores ambulantes).

O avanço da tecnologia e as mudanças em nossos hábitos de consumo indicam que as cédulas de dinheiro podem cair em desuso em um futuro nem tão distante assim.

O instituto Euromonitor International, por exemplo, apontou que 44,1% dos pagamentos, em 2016, foram feitos com cartões – foi o primeiro ano na história em que o dinheiro em espécie deixou de ser a maior forma de quitar despesas no mundo. O que se consegue medir oficialmente é que essa modalidade continuará a crescer (a previsão é de que atinja 49,1% de todo o valor movimentado até 2021).

De que maneira sua empresa lida com pagamento como diárias de viagem para os colaboradores? Quem sabe esteja na hora de adotar novos métodos e passar a acompanhar tendências de mercado que só tendem a se fortalecer!

Este artigo foi útil para você? Deixe seu comentário!

Compartilhe:

Equipe ESPP

Somos a unidade de negócios de soluções pré-pagas do grupo Edenred, uma empresa global com mais de 660 mil empresa-clientes, com 41 milhões de usuários. Oferecemos soluções rápidas, customizadas e de baixo custo em processamento de cartões pré-pagos, com inovação tecnológica e foco em diferentes necessidades de empresas, lojistas e usuários.

Deixe sua resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Quer ficar sabendo de tudo antes?
Receba novos posts diretamente em seu email.
Copyright © 2017 EDENRED. All Rights Reserved. Política de privacidade