Como melhorar a gestão de recursos em sua empresa?

Por Equipe ESPP
em 24 de janeiro de 2018
Como melhorar a gestão de recursos em sua empresa?

A gestão de recursos é fundamental para o sucesso de um negócio. Se não for feita de maneira correta, ela pode levá-lo à outra ponta: o fracasso. Então, qual caminho tomar para evitar que o pior aconteça? Dispor de informações acessíveis e organizadas é a base para uma administração eficiente!

Uma pesquisa realizada pela ContaAzul apontou que 29% dos 7034 empreendedores consultados consideram as finanças a parte mais desafiadora de manter uma empresa em andamento. E nós sabemos que, realmente, não é fácil cuidar de tudo ao mesmo tempo, certo?

Ter um bom controle das despesas, cobrar dívidas e encontrar formas de cortar gastos. Esses são apenas alguns dos itens que devem ser observados com muita atenção pelo responsável pela área financeira.

Confira, a seguir, dicas para melhorar a gestão de recursos em seu negócio!

Gestão de recursos: 7 dicas para sua empresa

  1. O fluxo de caixa deve ser seu amigo número um!

Sim, é fundamental que você tenha o fluxo de caixa como principal aliado na empresa. É ele que vai mostrar as entradas e saídas de dinheiro e de que maneira estão sendo gastos os recursos. Isso pode te ajudar e orientar nas tomadas de decisão referentes à necessidade de cortar despesas, por exemplo.

Classifique exatamente as coisas em que a organização está investindo. No caso de recebimentos, separe as informações conforme a modalidade, como dinheiro, duplicatas ou cartão. Quanto mais detalhado, melhor!

Lembre-se: não ter o fluxo de caixa em dia é como querer viajar e não saber para qual destino. 

  1. Conte com uma ferramenta eficiente

Se uma boa gestão de recursos exige o controle de todos os dados, o mais adequado é que ela seja realizada de forma segura, precisa e eficiente, não é mesmo? Então, não faz sentido que todo esse processo ocorra manualmente!

Com a tecnologia disponível hoje, o mercado oferece várias opções de softwares de gerenciamento financeiro, com uma série de mecanismos para facilitar o controle de informações.

Assim, o gestor pode focar seu tempo e o de sua equipe em assuntos mais importantes do que preencher planilhas. Sem falar que esta modalidade ajuda a evitar erros comuns a processos realizados manualmente.

Neste quesito, também podemos indicar o uso de cartões pré-pagos, que auxiliam na otimização da gestão de recursos. Um exemplo prático de sua utilidade é em relação ao controle de despesas com transporte e alimentação de colaboradores ou terceirizados durante serviços externos.

  1. Tenha um planejamento estratégico

O ato de planejar faz parte de quase todas as decisões importantes que tomamos na vida, certo? Afinal, é difícil comprar uma casa ou realizar uma viagem sem antes analisar a viabilidade de bancar os custos. Então, por que não adotar esse princípio também no meio corporativo?

Um planejamento estratégico ajuda o gestor a ter uma visão interna e externa do negócio, servindo como uma bússola para o direcionamento da empresa.

Para defini-lo, comece comparando as informações referentes ao ano todo e avalie se as táticas, até o momento, deram resultado. A partir daí, reflita sobre qual o melhor caminho a ser seguido e quais projetos fazem sentido na situação atual da organização, e estabeleça prazos para que cada objetivo seja cumprido.

  1. Conhecimento nunca é demais

Esse já é um tema “batido”, mas a capacitação pode, e muito, contribuir para uma gestão de recursos de excelência. É certo que boa parte dos “macetes” do mercado corporativo se aprende ao longo dos anos, mas é importante que o responsável pela área se mantenha atualizado.

Pela falta de tempo, muitos executivos acabam tomando decisões com pouco planejamento e, às vezes, sem o conhecimento teórico necessário. Investir em cursos de MBA em Gestão de Negócios e Controladoria e Finanças Corporativas pode ser uma boa alternativa para ter acesso a novas tecnologias e entender como lidar melhor com as diversas situações do cotidiano empresarial.

  1. Fique de olho nos maus pagadores

Com o atual cenário econômico do país, não é difícil encontrar relatos de empreendimentos que enfrentam a inadimplência todos os dias. Por isso, é fundamental prestar atenção nessa questão, que também faz parte da gestão de recursos.

Classifique seus clientes entre bons e maus pagadores e pondere se vale a pena prestar serviço para aqueles que não quitam suas dívidas corretamente. Um cadastro pode facilitar esta tarefa. Se precisar entrar em contato com esses consumidores, faça uma abordagem direta e objetiva, mas educada, claro. É sempre interessante lembrar que não há negócio que sobreviva sem receber!

  1. Não deixe tudo junto e misturado

Misturar as finanças pessoais e empresariais deve ser algo proibido para que haja uma boa gestão de recursos em sua corporação. Muita gente, por falta de organização, atropela as próprias contas e tira, do mesmo montante, o dinheiro para todas as despesas, estejam ou não relacionadas com a instituição. Esse é um grande erro, pois “revira” todo o controle de caixa. O resultado, geralmente, não é agradável, e pode levar até à falência!

  1. Desorganização só atrapalha

A desordem de documentos e informações só atrapalha a gestão de recursos, porque faz perder tempo, ocupa a equipe e, muitas vezes, gera retrabalhos. Um exemplo comum e recorrente é a perda de notas fiscais de mercadorias ou do boleto que vence hoje e ninguém encontra. Por isso, ter fácil acesso aos dados pode evitar uma série de problemas.

Já falamos sobre isso anteriormente, mas reforçamos a importância do uso de um sistema de gerenciamento financeiro. Ele permite mapear o capital da empresa desde a origem até o destino final. Fuja de planilhas físicas, propensas a erros e informações deturpadas.

O que você achou de nossas dicas para melhorar a gestão de recursos em sua organização? Existe algum outro ponto que você gostaria de compartilhar? Deixe seu comentário e nos ajude a ampliar a discussão sobre este tema tão essencial!

Compartilhe:

Equipe ESPP

Somos a unidade de negócios de soluções pré-pagas do grupo Edenred, uma empresa global com mais de 660 mil empresa-clientes, com 41 milhões de usuários. Oferecemos soluções rápidas, customizadas e de baixo custo em processamento de cartões pré-pagos, com inovação tecnológica e foco em diferentes necessidades de empresas, lojistas e usuários.

Deixe sua resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Quer ficar sabendo de tudo antes? Receba novos posts diretamente em seu email.
Copyright © 2017 EDENRED. All Rights Reserved. Política de privacidade