Como melhorar a gestão de funcionários temporários?

Por Equipe ESPP
em 2 de maio de 2019
Como melhorar a gestão de funcionários temporários?

O trabalho temporário é uma modalidade reconhecida pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). De acordo com a legislação, ela serve para atender às necessidades transitórias de substituição ou em caso de acréscimo extraordinário de serviços. Contudo, como fazer uma boa gestão de funcionários temporários?

O mais importante é que você não enxergue esses colaboradores de uma maneira diferente daquela que olha para aqueles que fazem parte do quadro fixo. Isso significa que todos devem ser tratados da mesma maneira, algo que vamos destacar em etapas ao longo do artigo.

Quer aprender a melhorar a gestão de funcionários temporários? Continue a leitura e confira as principais dicas!

Elabore um plano para o recrutamento

A boa gestão de funcionários temporários começa nos processos de recrutamento e seleção. Para que funcionem, demandam planejamento. É fundamental que cada etapa seja estruturada de maneira eficaz.

Esse planejamento começar discorrendo sobre o perfil de candidato que é esperado pela corporação. Isso permite que o recrutamento seja feito com eficiência, direcionado para as características que a empresa necessita.

O planejamento também precisa apontar a quantidade de vagas disponíveis, bem como os benefícios que serão disponibilizados — e isso servirá de base para o contrato desses colaboradores.

Outro ponto importante é que o recrutamento deve ser feito com o máximo de antecedência, pois envolve o treinamento da equipe que vai trabalhar temporariamente em seu negócio e, dependendo da época do ano, pode haver escassez de mão de obra especializada.

Busque ajuda para contratar os temporários

O recrutamento de funcionários temporários pode ser feito de diversas maneiras — anúncios externos, indicações, classificados de jornais, sites de emprego e agências especializadas. E cabe a você escolher a melhor opção para sua empresa.

Algumas opções são mais rápidas e precisas do que as outras, como a contratação de uma agência especializada. Por meio dela, você obtém a agilidade necessária para operar com a equipe extra no tempo certo.

Esse é um trabalho que exige competências específicas, feito por especialistas. E quando a contratação de temporários for estratégica para o crescimento do negócio, torna-se ainda mais importante avaliar um investimento em agências especializadas.

Destacamos que elas já não são apenas a fonte de busca de talentos, pois se transformaram em especialistas na avaliação de competências e de comportamentos — sendo fundamentais como apoio técnico.

Defina as prioridades desses colaboradores

Para melhorar a gestão de funcionários temporários, você deve organizar a rotina deles dentro da empresa. Distribua as tarefas e destaque o nível de prioridade delas. Separe aquelas que são urgentes e importantes.

As tarefas importantes são aquelas que têm potencial para gerar resultados. Já as urgentes são aquelas que, caso não sejam resolvidas o quanto antes, podem causar problemas e até afetar a imagem e os resultados da corporação.

A organização da rotina dos funcionários temporários é essencial para que o trabalho deles possa fluir. Estabeleça ao menos uma prioridade no dia anterior e organize o restante do dia deles — indicando a ordem das tarefas que devem ser feitas.

Destaque as etapas e prazos, principalmente o que envolve projetos maiores. E para cada fase, estabeleça uma data de entrega. Acompanhe a evolução da equipe e não esqueça de monitorar o desempenho individual.

Estabeleça metas individuais e coletivas

As metas individuais são uma forma de reforçar o compromisso que seus colaboradores têm com a empresa. Alcançá-las, do ponto de vista dos funcionários, significa demonstrar que estão juntos à estratégia corporativa.

É importante que, como líder, você trabalhe a coletividade — com o objetivo de alcançar mais rapidamente os resultados da companhia. Contudo, é fundamental que os colaboradores se enxerguem como únicos no organismo corporativo.

Para obter sucesso na definição das metas, certifique-se dos pontos positivos e que precisam ser melhorados entre as habilidades dos funcionários temporários — pois nem sempre há tempo para trabalhar nesses aspectos.

Verifique se existe a necessidade de estabelecer novos processos internos, facilitando os resultados desejados. E quando definir as metas, certifique-se de que elas são alcançáveis e mensuráveis.

Faça o planejamento da rotina da equipe

A organização da rotina permite que seja mais produtiva a gestão de funcionários temporários. Reserve um tempo para que eles sejam treinados para exercerem a atividade dentro da sua empresa.

Por mais que o colaborador temporário tenha experiência, as empresas têm diferenças visíveis entre si. Sistemas são diferentes, modos de operação, regras e até o tom de voz para falar com o cliente pode ser outro.

Planeje as pausas da equipe em horários alternados, para que você tenha sempre algum profissional à disposição do cliente. Monte uma escala que também valorize a presença da maioria da equipe naqueles momentos de mais movimento no negócio.

Lembre-se de que os funcionários temporários estão entrando na sua equipe para cumprirem tarefas específicas, suprindo a alta demanda de períodos de maior movimento e produção — como o fim do ano.

Use a tecnologia na gestão de funcionários temporários

A tecnologia é uma das maiores aliadas na gestão de pessoas de uma empresa. Plataformas como Trello, Runrun.it e Solides ajudam a acompanhar a rotina dos colaboradores e medir o desempenho deles.

A produtividade é outro aspecto que merece a atenção. Contudo, para medi-la, é necessário compreender qual é a capacidade de execução de tarefas que sua equipe de funcionários temporários possui.

E ressaltamos que produtividade significa fazer mais com menos recursos. Ou seja, aquele colaborador que bate a meta dentro do horário de trabalho é mais produtivo do que o outro que precisa de horas extras para fazer o mesmo feito.

Adote ferramentas que facilitam essa gestão

Quando funcionários temporários são contratados, é comum que nem tudo esteja pronto para recebê-los. Entretanto, isso não é o certo. Sua empresa deve se esforçar para que eles tenham acesso aos benefícios e ferramentas necessárias.

Nem sempre é fácil e rápido abrir contas para depositar os salários desses colaboradores. Por isso, uma alternativa muito eficaz é o uso de cartões pré-pagos. Eles servem para pagar salários e benefícios.

O funcionamento do cartão pré-pago é muito simples. Por meio de uma plataforma on-line, você consegue efetuar a carga dos cartões com os valores necessários. Isso elimina a necessidade de emitir cheques e garante mais segurança aos colaboradores.

Eles deixam de sair da sua empresa, principalmente nos primeiros dias, com quantias em espécie. E o cartão pré-pago funciona praticamente como uma conta bancária, permitindo o saque de dinheiro em caixas eletrônicos.

Considere as soluções apresentadas neste artigo para melhorar a gestão de funcionários temporários. Obtenha, por meio da aplicação delas, resultados ainda mais expressivos, justificando o investimento nesse tipo de contratação.

E para que você continue alcançando excelentes resultados com suas equipes, temporárias ou não, o convidamos a ler um material que apresenta os motivos para que o pagamento dos seus colaboradores não seja feito em espécie. Baixe agora o seu!

Compartilhe:

Equipe ESPP

Somos a unidade de negócios de soluções pré-pagas do grupo Edenred, uma empresa global com mais de 660 mil empresa-clientes, com 41 milhões de usuários. Oferecemos soluções rápidas, customizadas e de baixo custo em processamento de cartões pré-pagos, com inovação tecnológica e foco em diferentes necessidades de empresas, lojistas e usuários.

Deixe sua resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Quer ficar sabendo de tudo antes?
Receba novos posts diretamente em seu email.
Copyright © 2017 EDENRED. All Rights Reserved. Política de privacidade