Como as soluções de despesas digitais estão transformando a experiência do colaborador

Por Equipe ESPP
em 29 de outubro de 2020
Como as soluções de despesas digitais estão transformando a experiência do colaborador

Estamos em uma era em que os millennials (nascidos a partir dos anos 80 até o fim da década de 90) já são maioria no Brasil e ocupam metade dos postos de trabalho no mercado. 

São pessoas que têm uma relação muito maior com dispositivos tecnológicos. É a geração que convive com internet desde a infância/adolescência e a utiliza para tudo: informação, entretenimento, educação, relacionamento, deslocamento e também trabalho.  

O trabalhador millennial tem uma vida digital ativa. Em um dia, por exemplo, ele pode ler, estudar, ver um filme, ouvir música, pedir comida, pagar contas, fazer compras, tudo pelo smartphone ou computador. Pode, inclusive, realizá-las paralelamente.

Dessa maneira, é natural que ele prefira negócios que empregam ferramentas digitais em sua rotina, dando mais praticidade às atividades desenvolvidas. 

Investir em soluções tecnológicas intuitivas e responsivas é, portanto, aproximar a vivência no trabalho da vivência que o colaborador já possui, além de ser uma forma de reter o funcionário.

Experiência do colaborador não é só o trabalho

Quando tratamos de estratégias que geram uma experiência satisfatória do colaborador (employee experience), o foco não é unicamente o resultado que ele pode entregar à empresa, mas também melhorar a relação que o funcionário tem com a organização. 

Pesquisadores da área de gestão de recursos humanos falam sobre observar a jornada do colaborador, mapeando todas as atividades e ações que nela decorrem. A partir disso, pode-se pensar nas interações que o colaborador realiza com a organização e em soluções que fortaleçam o sentimento de pertencimento em cada uma delas.

O pertencimento é um importante fator de engajamento na experiência do colaborador. É quando ele não apenas sente que faz parte de uma cultura que o contempla, mas quando ele deseja compartilhar com o mundo externo que essa organização o realiza profissionalmente. 

Tudo isso impacta na redução de absenteísmo, no aumento da retenção de talentos e no ganho de produtividade. Quanto melhores as experiências proporcionadas, mais alinhado o colaborador se sente aos objetivos da organização.

4 soluções de despesas digitais para otimizar a employee experience

Independente da natureza do negócio, é possível proporcionar uma boa experiência ao colaborador, desde ações que valorizem o funcionário e deem a ele a oportunidade de crescimento profissional à adoção de soluções para despesas digitais que simplifiquem algumas atividades que ele precisa fazer frequentemente no trabalho.

1. Gestão via aplicativo

A gestão digital de equipes remotas já é realidade para inúmeras empresas. Por isso, não é de surpreender que as despesas também sejam controladas via aplicativo. Essa alternativa facilita a vida de quem trabalha no financeiro, no RH e em outros setores que necessitam dinamizar e desburocratizar despesas corporativas. 

Essas são apenas duas situações que servem de exemplo para entender que é sim possível lançar mão do digital para processos complexos de gestão e beneficiar times. 

2. Cartões com tecnologia contactless

Outra tecnologia que ajuda na desburocratização e agilidade dos pagamentos de despesas diversas é a contactless. Trata-se de uma tecnologia que permite o uso do cartão corporativo por aproximação na máquina.

Ela é perfeita para o dia a dia profissional do colaborador e para ações de rotina da empresa, como compra de material de escritório (como papelaria e similares), pagamento de serviços de entrega, viagens em aplicativos de mobilidade e almoços corporativos.

E não podemos deixar de observar o aumento considerável no uso dessa tecnologia nos últimos meses. Dados da Abecs – Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, informam que no primeiro semestre de 2020, o uso de pagamento por aproximação aumentou 330% no Brasil em relação ao mesmo período de 2019. 

É inegável que a pandemia impulsionou a adoção do pagamento por aproximação, afinal, esse método diminui ou mesmo elimina a necessidade do usuário de tocar na maquininha de cartão. A utilização da tecnologia é, inclusive, recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

3. Cartão pré-pago corporativo

Os cartões corporativos apresentam diversos benefícios ao funcionário e ao empregador. Um deles é a eliminação dos processos de reembolso, outra possibilidade é permitir que o funcionário tenha um cartão para recebimento de salário sem necessariamente abrir conta em um banco. Esse item, por si só, torna o processo de contratação e pagamento do funcionário mais ágil, uma vez que não depende da aprovação de terceiros (no caso, bancos) para finalização.

Mas, além disso, o cartão pré-pago é um item que oferece segurança e muita praticidade no manuseio de recursos da empresa, em que o colaborador não precisa lançar mão de recurso próprio para arcar com os gastos em situações corporativas, como viagens, reuniões e outros eventos do tipo.

Como funciona? O empregador ou gestor credita um valor no cartão para aquela atividade e o funcionário poderá custear hospedagem, deslocamento e alimentação, registrá-los em aplicativo próprio do cartão, inclusive adicionando uma foto da nota fiscal, tornando todo o processo muito mais rápido e seguro para todos..

Toda essa movimentação do cartão pode ser monitorada pelo empregador por meio de relatórios que vão mostrar como e quando os recursos estão sendo gastos pelo funcionário.

4. Cartão White Label

É possível ainda oferecer todas essas soluções acima de forma personalizada e elevando o espírito de pertencimento dos colaboradores, por meio de um cartão ”White Label”. 

A solução White Label oferece à empresa a possibilidade de personalizar o cartão com sua identidade visual, gerando um fator de exclusividade para as pessoas da organização e potencializando o sentimento de comunidade e orgulho em torno da marca do negócio.

Além disso, a solução permite segmentar o uso do cartão por tipos de estabelecimento, horários, dias e muitas outras opções, conforme a necessidade de cada empresa.

Ao passo que valoriza a marca da organização, um cartão de pagamento com a cara do negócio leva a empresa a estar junto do colaborador em quaisquer momentos da sua rotina. 

Agora que você sabe mais como melhorar a experiência do colaborador na empresa a partir de soluções básicas de despesas digitais, baixe o ebook “Porque você não deve pagar o colaborador em dinheiro”.

Compartilhe:

Equipe ESPP

Somos a unidade de negócios de soluções pré-pagas do grupo Edenred, uma empresa global com mais de 660 mil empresa-clientes, com 41 milhões de usuários. Oferecemos soluções rápidas, customizadas e de baixo custo em processamento de cartões pré-pagos, com inovação tecnológica e foco em diferentes necessidades de empresas, lojistas e usuários.

Deixe sua resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Quer ficar sabendo de tudo antes? Receba novos posts diretamente em seu email.
Copyright © 2017 EDENRED. All Rights Reserved. Política de privacidade